17:57 - Domingo, 26 de Maio de 2019
Transformando conhecimento em valores!

Blog do COC

,

COC conscientiza alunos sobre prevenção da dengue

051014

O período chuvoso, em Imperatriz, começa por volta do final de novembro. Essa é uma das estações mais propícias para a proliferação do Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue e a febre do Chikungunya – uma nova enfermidade no Brasil que já tem casos confirmados no Amapá e na Bahia. Com o objetivo de conscientizar os alunos sobre as formas de prevenir a proliferação do mosquito, os alunos do 4º do COC observaram a escola, na manhã de terça-feira (7), para conhecer possíveis locais em que o mosquito pode se desenvolver.

A professora da turma, Stella Carvalho, aponta que o inseto se prolifera em locais com água parada. Por isso, é importante estar atento a pneus, lajes e calhas. Depois de passar orientação como essa aos alunos, a ideia era que eles se tornassem multiplicadores. “Na escola não encontramos foco do transmissor, mas eles viram os locais de risco. No dia seguinte, as crianças chegaram contando que repetiram a vistoria em casa”, disse.
O estudante Marcos André Leite mostra que aprendeu a lição. “Não pode deixar água parada e os sintomas da dengue são dor de cabeça, febre alta e dores nos músculos”, afirma. Outro benefício da aula de campo, segundo a educadora, é a fixação do conteúdo curricular. “Na aula prática eles veem onde tem o foco do mosquito. O que é bem diferente da aula teórica, foge da rotina, eles interagem com perguntas, comentários. É uma aprendizagem que, com certeza, eles levam para a vida”, avalia. (Assessoria de Imprensa)

Medidas de combate à dengue
– Não deixar água parada em pneus fora de uso, laje, calhas, vasos de plantas.
– Manter caixas de água limpas, fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;
– Vasilhas que servem para animais beber não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar;
– As piscinas devem ter tratamento de água com cloro e caso não sejam utilizadas, devem ser desativadas e permanecer secas;
– Garrafas, latas, copos ou outros recipientes semelhantes devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo;
– Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo fechada;
– Bromélias costumam acumular água entre suas folhas. Por isso, o ideal é regar esta planta com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.